FAIL (the browser should render some flash content, not this).

newsletter

 

Siga-nos em

img

 

Membro do

img

ESA

 

Parcerias

img

 

leroy

 

logo

 

logo

 

oferta_edu

 


 

Quer levar os seus alunos ao Espaço?

 

planetario

 

O Planetário Digital Móvel do Centro Ciência Viva de Sintra é um valioso recurso para complementar as temáticas de estudo do Espaço e do Universo. As sessões, realizam-se em qualquer dia da semana, mediante marcação e estão sujeitas a um número mínimo de 10 participantes.
O Centro Ciência Viva de Sintra realiza também sessões de planetário em escolas, bibliotecas ou outros locais.
As sessões poderão ser complementadas com observações ao telescópio, caso as condições climatéricas o permitam.

 

planetario

 

Mais informações: escolas@cienciavivasintra.pt

 


 

img

 

Dia 10 de julho abrem as inscrições para a edição deste ano da Ciência Viva no Verão em Rede, um programa de divulgação científica com inúmeras ações de divulgação de Ciência e Tecnologia, a realizar em todo o país, para todos os públicos, entre 15 de julho e 15 de setembro.

O Centro Ciência Viva de Sintra propõe 14 atividades diferentes nas áreas da Aeronáutica, Ambiente, Botânica, Desporto, Geologia e Tecnologia: Descobrir a Granja do Marquês – o berço da aviação militar; Geometria no palácio; Descobrir a serra, a pedalar; Um jardim comestível, A Ciência de um teatro… são algumas das propostas para este verão.

As 14 atividades estão disponíveis em 33 datas e contam com a parceria de 7 entidades (Museu do ar; Parques de Sintra Monte da Lua, S.A.; PT – Portugal Telecom; Sintra Bikking; Sociedade Portuguesa de Botânica; Sociedade Portuguesa de Espeleologia; Sociedade União Sintrense).

A inscrição nestas ações é obrigatória, devendo ser efetuada em www.cienciaviva.pt ou através do telefone 21 898 50 50.

 

Neste Verão, venha viver Ciência!

http://www.cienciaviva.pt/veraocv/

 


 

Qual é o seu próximo destino?

 

circuitos

 

Saiba mais em: circuitoscienciaviva.pt

 


 

Ações de formação 2017/2018

 

O Centro Ciência Viva de Sintra encontra-se a preparar a sua oferta formativa para 2017/2018. Desafiamos todos os professores do Ensino Pré-Escolar e 1.º CEB a apresentarem as suas sugestões para futuras ações de formação através do e-mail escolas@cienciavivasintra.pt!

img

 

Contamos com a vossa colaboração e participação!

 


 

ant_logo

 

Exposição "Resistir: quando as bactérias sobrevivem aos antibióticos"

Outubro 2015- Setembro 2017

Esta é uma exposição interativa que convida o visitante a saber mais sobre bactérias, desvendando os mecanismos que levam ao aparecimento da resistência aos antibióticos. Inclui diversas atividades para pôr as mãos na massa, módulos interativos de ciência, modelos tridimensionais de células e vírus, uma banda desenhada e vídeos.

Enquanto experimentam estes materiais, os visitantes conseguirão compreender alguns fenómenos biológicos complexos de forma simples e lúdica. Esta exposição ajuda, também, a compreender como é que todos podemos contribuir para o controlo do aparecimento de bactérias resistentes aos antibióticos.

Este projecto foi financiado pela Fundação Calouste Gulbenkian, com o acompanhamento científico do Instituto de Tecnologia Química e Biológica (Universidade Nova de Lisboa), e contou com a participação de professores e alunos da região de Sintra.

 

Banda Desenhada da exposição ("Um combate difícil") - PDF

 


 

Há vida no charco

 

O charco do CCVS está a servir neste momento de maternidade à descendência das nossas rãs.

img

Venha visitar-nos e transforme-se num “bio-investigador” ao tentar descobrir onde se escondem os ovos.

 

 

 

 

img

Festas de Aniversário

Festeja o teu aniversário no CCVSintra e partilha com os teus amigos os nossos programas de aniversário.

Abracadabra.. .…Bip! Bip!

 


charco


 

Notícias:

108.08.2017

Eclipses, perseidas e asteroides em direto à distância de uma ligação à internet...


112.07.2017

Os cientistas descartam para já uma ligação entre o aquecimento global e a formação de um dos maiores icebergs de sempre na Antárctida. Um território de quase seis mil quilómetros quadrados separou-se nos últimos dias do chamado continente gelado...

 

103.07.2017

Os cientistas estão a usar esta inovadora solução com contendo nanopartículas para consolidar as pedras que compõem a estrutura arquitetónica de edifícios centenários...

 

 

106.07.2017

A superfície de Marte tem químicos tóxicos que matam qualquer organismo vivo, esterilizando completamente as camadas superiores do planeta. Segundo um estudo divulgado hoje, os raios ultravioleta do quarto planeta transformam o solo de Marte num potente bactericida..

 

1

 

 

 

CCVSintra 10 anos a divulgar Ciência!
Facebook Twitter Instagram Youtube